3 dicas para os primeiros dentes e 3 coisas que você não deve fazer

2 minutos para ler

Por Dra. Romy Schmidt Brock Zacharias, Coordenadora Médica da equipe de Neonatologia do Hospital Israelita Albert Einstein / CRM SP 94 608

O início da dentição, ou o aparecimento do primeiro dente, geralmente ocorre entre 6 e 7 meses de idade, podendo variar para mais ou para menos dependendo da criança. Esta fase pode ser um desafio na vida do bebê e dos pais, pois o nascimento dos dentes vem acompanhado de dor local, irritação e diminuição do apetite.

Para amenizar estes sintomas, seguem algumas dicas:

  1. Ofereça mordedores que ajudem a criança a coçar a gengiva, especialmente os que podem ser colocados na geladeira.
  2. Escove os dentes ou a própria gengiva com escovas macias e adequadas à idade.
  3. Massageie a gengiva do bebê com os dedos após lavar adequadamente as mãos.

O que não fazer?

  1. O uso de anestésicos tópicos não é recomendado, especialmente em grandes quantidades, pois podem levar a efeitos adversos perigosos.
  2. Medicar com analgésicos sem conversar com o pediatra da criança, especialmente se apresentar febre ao mesmo tempo, pois não há evidência de que a erupção dentária cause este sintoma.
  3. Não pular a escovação de rotina, pois o acúmulo de leite e alimentos pode causar piora da inflamação e propiciar o aparecimento de infecções secundárias.
Leia mais

Deixe um comentário

error: Conteúdo protegido!