Sedentarismo ou novas atividades físicas na quarentena podem causar problemas ortopédicos

2 minutos para ler

Por dr. Gilbert Sung Soo Bang, fisiatra, especialista em medicina física e reabilitação, e Helena Bruna Bettoni Volpato, Lucimara Francisconi, Alexandre Barra de Souza e Cesar Augusto da Silva, fisioterapeutas do Hospital Israelita Albert Einstein/ CRM-SP 91.437

A quarentena gera mudanças em nossas atividades de vida diária e passar mais tempo em casa favorece o sedentarismo. Também tendemos a fazer atividades não habituais como, por exemplo, pequenas reformas, limpeza e mudanças ou até mesmo iniciar um novo hobby.

Essas mudanças de rotina nas atividades do dia a dia, sem uma correta preocupação com sua postura, facilita a ocorrência de dor na coluna vertebral e em outras articulações tanto pelo excesso quanto pela falta de movimento.

Mesmo que não exija tanto esforço, os simples movimentos devem ser realizados com atenção. A má postura durante o sono também contribui para o aparecimento de sintomas dolorosos. A dor pode ser aguda ou se manifestar gradualmente à medida que há persistência da sobrecarga. Divida as tarefas diárias ao longo do dia ou da semana. Peça ajuda, valorize o convívio familiar e sempre fique atento à postura.

A prática regular de exercícios traz benefícios para todo o organismo. Se você já tem uma rotina, procure mantê-la mesmo em baixa intensidade. Se você ainda não tem esse hábito, comece com movimentos suaves e busque orientação para a prática segura. O aumento não controlado de intensidade, volume e frequência de exercícios é um dos motivos de lesões ortopédicas.

Leia mais