Detox digital: descubra como funciona e se você deveria fazer

8 minutos para ler

Você sabe quanto tempo passa na internet durante um dia? Se ficar com o celular na mão até pegar no sono já se tornou uma rotina na sua vida, é um sinal vermelho para que considere fazer um detox digital. O uso excessivo desses recursos pode nos causar danos físicos e mentais, de dor de cabeça a ansiedade.

Sem tempo para ler? Clique no play abaixo para ouvir esse conteúdo!

Com a pandemia, as opções de entretenimento ficaram ainda mais restritas. Isso fez com que as pessoas mergulhassem de vez no universo digital, não só para se divertir, mas também para trabalhar e comprar.

Neste post, vamos abordar mais a fundo as consequências da alta exposição aos meios digitais e como o detox digital ajuda a evitar danos a sua saúde. Confira!

Quais são os prejuízos do uso excessivo do meio digital?

É verdade que a internet revolucionou o modo como o ser humano se relaciona, trabalha e vive, de modo geral. Apesar de nos trazer uma série de benefícios, quando usada excessivamente, ela pode se tornar prejudicial e acarretar problemas que são sentidos no corpo e mente do ser humano.

A longa exposição à tela do computador ou smartphone pode alterar a visão, causando a chamada ‘’falsa miopia’’. O problema se caracteriza como uma contração exagerada da musculatura dos olhos — situação que ocorre quando a visão é forçada por muitas horas para visualizar imagens próximas, e acaba ficando embaçada ao enxergar de longe.

Sem falar que os olhos também acabam ficando vermelhos, apresentam irritação, ardência e sofrem a sensação de vista cansada, desencadeada pelo ressecamento da área — algo comum quando ficamos muito tempo sem piscar. Embora afetem adultos e jovens, esses riscos são maiores para as crianças, cuja visão está em formação e pode ser prejudicada.

A posição em que a pessoa fica e o modo como segura o celular também podem resultar em dores no pescoço, na coluna, nos dedos e nas articulações das mãos. Inclusive, os movimentos repetitivos para navegar online, em muitos casos, são responsáveis pelo desenvolvimento de inflações nas articulações.

Além disso, há grande impacto nas nossas atividades mentais. A luz emitida pela tela dos aparelhos eletrônicos tem propriedades que estimulam o cérebro humano, fazendo com que fique alerta quando deveríamos relaxar, como na hora de dormir, de modo a causar insônia.

Não podemos deixar de mencionar o perigo dos transtornos psicológicos, já que interagir virtualmente e receber muitas “curtidas” podem provocar uma sensação de prazer que, a longo prazo, torna-se uma dependência. A Associação norte-americana de Psiquiatria reconhece a dependência tecnológica e o transtorno por “games” como problemas relevantes. Nas situações em que os indivíduos desenvolvem esses transtornos, a falta da tecnologia e dos jogos pode gerar sintomas de abstinência, como irritabilidade, tristeza, ansiedade, ira, raiva e até mesmo sintomas físicos, como a falta de ar e o ranger de dentes.

Por que fazer um detox digital?

De maneira direta, o detox digital consiste em determinar um período para se desconectar da vida virtual e voltar a sua atenção para a vida real. Essa iniciativa traz muitos benefícios para o seu corpo, mente e relações pessoais. Veja bons motivos para se desintoxicar do mundo online.

Estreita laços

Quantas vezes você saiu de casa para encontrar alguém especial, mas passou mais tempo no celular do que aproveitando a companhia? Os membros da sua família não almoçam ou jantam juntos porque cada um fica em frente a uma tela diferente? Situações como essas são comuns e fazem com que, de certa forma, você se isole dos seus amigos e familiares.

Ao deixar de lado apenas as conversas virtuais e se reunir presencialmente com quem é importante para você, é possível estreitar os seus laços de família e amizade. Isso contribui tanto na construção de memórias inesquecíveis quanto na melhora da saúde física e mental.

As chamadas “Blue Zones” — regiões no planeta que se destacam pela longevidade dos seus moradores – evidenciam a importância do convívio, das conexões sociais e dos relacionamentos para a manutenção da boa saúde física e mental, o que permite também maior autonomia. Há cinco regiões que se encaixam nesta categoria: Icária, na Grécia; Okinawa, no Japão; Nuoro, na Itália; Nicoya, na Costa Rica e Loma Linda, nos Estados Unidos.

Melhora suas noites de sono

O sono é o momento de restauração do cérebro. É quando eliminamos todas as toxinas produzidas ao longo do dia. Por isso, cuidar do sono é fundamental para a sua saúde mental.

A tela do smartphone, tablet ou computador deixa o seu cérebro inquieto, podendo dar origem a longas noites de insônia. É importante reduzir o uso dos aparelhos eletrônicos horas antes de ir para a cama para garantir uma boa noite de sono e acordar bem descansado e disposto.

Estimula a criatividade

Passar um tempo livre da internet desperta a sua criatividade genuína, o que não acontece tão facilmente quando você permanece conectado. Embora muitas pessoas tenham em mente que os conteúdos das plataformas online sejam uma grande fonte de inspiração, nem sempre é assim, já que elas podem inibir pensamentos e ideias originais.

Aumenta a produtividade

Uma vez que você não está dividindo a sua atenção com o que está acontecendo nas redes sociais, por exemplo, não se distrai com assuntos que não são relevantes para o momento e tende a ter mais foco nas suas atividades, como estudar e trabalhar. Assim, deixa de procrastinar, evita atrasos e aumenta a sua produtividade.

Como fazer um detox digital?

Em uma sociedade cada vez mais dependente dos meios tecnológicos, falar em desintoxicação digital pode parecer, à primeira vista, uma missão impossível. Porém, além de ser uma alternativa saudável, é um método fácil de ser colocado em prática — basta estar disposto a mudar os seus hábitos. Descubra como iniciar esse processo.

Estabeleça metas

Para quem precisa da internet para trabalhar ou se comunicar, é difícil se ‘desfazer’ dela de uma hora para a outra. Por isso, o melhor é começar estabelecendo pequenas metas. Mas, antes disso, faça o rastreamento dos aplicativos do celular para entender quanto tempo você gasta usando cada um.

Com essa informação em mãos, determine a redução do uso dos apps de 30 em 30 minutos por dia, por exemplo. No decorrer da sua adaptação, procure criar metas mais desafiadoras, como passar um dia do final de semana sem tocar no celular.

Defina horários

Dar uma última conferida nos posts e stories dos seus amigos nas redes sociais parece algo irresistível antes de pegar no sono? Essa atitude, aparentemente inocente, pode ser um gatilho para a insônia. Então, que tal definir os horários ideais para se conectar e se desconectar?

No expediente do trabalho, se não necessita da internet para realizar as suas atividades, tente evitar espiar as redes sociais ou atender a uma mensagem que pode ser respondida mais tarde. Quando chegar a noite, pare de navegar, pelo menos, duas horas antes de se deitar.

Para uma desintoxicação avançada, você pode definir o uso da internet 30 minutos por dia. Nesse caso, a ideia é distribuir o tempo, reservando 10 minutos para o período da manhã, mais 10 à tarde e os últimos 10 à noite.

Tire o celular de perto

Um dos principais males do uso demasiado das ferramentas digitais é atrapalhar as conexões da vida real. Isso porque as pessoas podem estar reunidas no mesmo ambiente, mas nem sequer se olhar, já que estão distraídas com as suas telas.

Na hora de fazer as refeições com a sua família ou com os seus amigos, deixe o celular longe da sua vista para aproveitar melhor o momento. Nos dias em que estiver cumprindo as suas metas de detox, o mais indicado é guardar o aparelho no fundo de uma gaveta para não cair na tentação de usá-lo.

Pratique novas atividades

Procure novas atividades e tarefas que substituam o uso do celular e da internet. Antes de dormir, dê preferência para a leitura de livros. Se sobrou um tempo no seu dia, que tal se matricular na academia ou fazer uma caminhada ao ar livre? Aos finais de semana, chame a família para assistir a um filme, cozinhar uma refeição ou conversar.

Reaprender a apreciar o ócio criativo e saborear as atividades comuns da vida, como tomar um café em família ou ver ações artísticas, ou mesmo a natureza, são momentos importantes para restaurar as nossas energias.

A internet é uma poderosa aliada para os dias atuais, mas ela não pode pautar o modo como vivemos, nem ser um refúgio para todas as horas. Nesse sentido, o detox digital é uma importante medida para equilibrar a vida virtual com a real e, assim, evitar consequências negativas para a sua saúde.

Como você viu, fazer atividades físicas é uma ótima opção para se distanciar do celular. Conheça as melhores atividades físicas para quem tem pouco tempo!

Posts relacionados