Doença meningocócica: principais informações

2 minutos para ler

Contaminação pode ser assintomática ou até mesmo matar em poucas horas.

Por Dr. Jacyr Pasternak, infectologista do Hospital Israelita Albert Einstein / CRM SP 11 034

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é doenças_blog_o-que-e.jpg


Doença meningocócica é a inflamação das membranas que envolvem o cérebro e a medula espinhal, chamada de meninges.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é doenças_blog_sintomas.jpg

A doença pode causar essencialmente a meningite, com dor de cabeça, vômitos e alterações de consciência. Alguns casos mais raros e mais graves geram uma septicemia tão severa que nem meningite os pacientes chegam a desenvolver: eles têm um quadro com extensas manchas roxas em todo o corpo, febre alta e podem morrer poucas horas depois do início do quadro. Nos casos mais leves, nem se percebe a doença, mas a pessoa possui o germe e pode contaminar outras pessoas.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é doenças_blog_tipos.jpg

Existem várias cepas e a doença costuma ser parecida em todas elas: A, B, C e outras.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é doenças_blog_causas.jpg

Causada pela bactéria Neisseria meningitidis, que começa colonizando a orofaringe. Em seguida, pode passar para o sangue, causando infecção.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é doenças_blog_transmissão.jpg

A bactéria é contagiosa e dissemina-se por gotículas respiratórias.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é doenças_blog_diagnostico.jpg

Por meio da observação clínica dos sintomas, hemocultura e do exame de punção lombar. Testes moleculares no líquido cefalorraquidiano estão disponíveis e são muito melhores do que testes imunológicos que eram feitos antigamente, hoje considerados ultrapassados.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é doenças_blog_tratamento.jpg

O tratamento com antibióticos é muito eficiente, desde que iniciado logo. Familiares e quem mora na mesma residência devem tomar antibióticos profiláticos que são diferentes dos utilizados no tratamento.

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é doenças_blog_prevençao.jpg

Existem vacinas específicas para cada cepa. Usadas em epidemias, a vacina para meningite B tem custo elevado e não está disponível na rede pública.

Leia mais
error: Conteúdo protegido!