Fraldas podem provocar assaduras no bebê?

2 minutos para ler

Saiba mais sobre como deve ser feita a higiene do bebê e descubra o que é mecônio

Sim. A assadura é uma quebra da barreira da pele aos agentes irritantes, como urina, fezes, a fricção na pele e o material utilizado na fralda. Ela provoca uma inflamação da pele, também chamada de dermatite, que pode ser notada pela vermelhidão no local e, caso não seja tratada, pode se agravar e causar dor ao bebê.

A recomendação é que a fralda seja trocada a cada 3 horas, antes da mamada do bebê ou sempre que houver necessidade, caso a fralda esteja molhada ou suja. A média de trocas de fralda diária varia conforme a criança e as suas necessidades.

Higiene

A limpeza local dever ser feita com algodão e água morna sem friccionar e um creme de barreira de proteção à base de óxido de zinco, que poderá ser aplicado em todas as trocas de fralda. Ao limpar o bebê faça movimentos de frente para trás para evitar, assim, levar resíduos de fezes para a uretra.

Vale destacar que o aleitamento materno diminui o pH das fezes, o que ajuda a prevenir dermatites provocadas pelas fraldas.

Mecônio

As primeiras fezes do bebê são chamadas de mecônio. Ele tem coloração esverdeada-escura e aspecto pegajoso. Após o início da amamentação, a cor muda até ficar amarelada. A frequência de evacuações é variável. O mecônio e a urina são eliminados desde as primeiras horas de vida. O bebê pode urinar e eliminar mecônio inclusive no momento do nascimento. ​​

Leia mais
error: Conteúdo protegido!