Dor e infecção de ouvido em crianças e bebês

2 minutos para ler

Por Dra. Romy Schmidt Brock Zacharias, Coordenadora Médica da equipe de Neonatologia do Hospital Israelita Albert Einstein / CRM SP: 94 608

Existem diferentes tipos de infecção de ouvido, uma que atinge o conduto auditivo externo, chamada de otite externa e a otite média aguda, caracterizada por uma inflamação que atinge o ouvido médio.

A otite média aguda é a mais comum, e atinge mais frequentemente as crianças entre 6 meses e 2 anos de idade, pois a tuba auditiva é curta e a imunidade ainda é  imatura. Ela é causada por vírus ou bactérias e seus sintomas incluem: dor, febre, irritação, choro intenso, levar as mãos às orelhas e pode-se notar a saída de secreção pelo ouvido.

O diagnóstico é feito pela história, sintomas clínicos e pela otoscopia: exame simples realizado pelo médico com equipamento específico chamado de otoscópio.

O tratamento consiste em usar antibióticos, analgésicos e/ou anti-inflamatórios. Esse  tratamento deve ser decidido pelo médico que deve analisar qual é a melhor opção para cada caso, a fim de evitar complicações como rotura de tímpano, meningite e mastoidite. Em alguns casos complicados e recorrentes pode ser necessário encaminhamento ao otorrinolaringologista que poderá indicar a colocação cirúrgica de tubo de ventilação.

A prevenção consiste em incentivo ao aleitamento materno, postergar ou evitar o uso de chupetas e mamadeiras e, em casos necessários, procurar colocar a criança na posição ereta no momento que está usando a mamadeira.

Recomenda-se sempre que possível prevenir gripes e resfriados e realizar lavagens nasais para limpar as secreções é uma boa prática. E não se esqueça de  vacinar seus filhos corretamente.

Leia mais

Deixe um comentário

error: Conteúdo protegido!